" "

Blog - Saga Lexus

Conheça o toque brasileiro por trás do Lexus ES

09/01/2020


Se você busca um motivo para se orgulhar da elegância e sofisticação do Lexus ES, saiba que por trás do modelo existe um refinado toque brasileiro: o de Marianne Merkt, gestora de produto da Lexus.

Brasileira, ela foi uma das responsáveis pela implantação do processo de desenvolvimento da sétima geração do Lexus ES – o 300h.

Dentre os desafios que Marianne Merkt enfrentou para tornar o Lexus ES um produto completo estava a necessidade de respeitar uma herança de conforto que o modelo traz em seu histórico.

Ou seja, era preciso – nesta sétima geração do Lexus ES – manter virtudes já tradicionais do modelo, como o máximo conforto, o refinamento estético do carro e, claro, o luxo extremo – esta, uma marca presente no DNA da Lexus.

E, convenhamos, basta uma rápida conferida no Lexus ES 300h para perceber que a brasileira Marianne Merkt, ao lado de toda equipe de planejamento e produção da Lexus, conseguiu sucesso máximo na empreitada.

Ela mesma, a seguir, conta detalhes (alguns conhecidos somente por ela) sobre o Lexus ES 300h.

A criação do Lexus ES, por Marianne Merkt

De acordo com a gestora brasileira, a maior preocupação da montadora – ao projetar a sétima geração do Lexus ES – era respeitar o passado do modelo, trazendo, ainda, algo novo capaz de mover e entusiasmar o público.

Ela destaca que conseguiram esse feito em diversas frentes do carro, a começar pelo design – definido por Marianne Merkt como “fantástico”.

Quanto ao design do Lexus ES, uma curiosidade impressionante que a brasileira revela é a produção artesanal do modelo no início do projeto.

“Foi um grande desafio passar do modelo em barro para a versão de produção em metal, por parte de nossos engenheiros e designers, para não perder o elemento ‘takumi’”, destacou Marianne.

A hibridação do Lexus ES, por Marianne Merkt

Outro ponto que a gestora brasileira celebra no Lexus ES é o motor híbrido. No mercado automotivo, já não é novidade a prioridade que a marca tem dado a essa tecnologia ao redor do mundo – no Brasil, toda a gama de carro da Lexus é híbrida.

Isto fica evidente no Lexus ES, que apresenta números de consumo e de emissões bastante competitivos com os concorrentes da categoria: 99 g/km de CO2 e 4,4 l/100 km em ciclo correlacionado NEDC.

Sobre a hibridação dos carros da Lexus, Marianne Merkt demonstra entusiasmo: “Se virmos os números hoje, cerca de 95% das nossas vendas no Ocidente são de híbridos, e esse número tende a aumentar ainda mais. Estamos na quarta geração e conhecemos bastante este sistema. Continuamos a trazer avanços para o mercado”.

Os pontos fortes do Lexus ES, por Marianne Merkt

Sem rodeios, a gestora brasileira apontou aqueles que, na visão dela, são os pontos fortes da sétima geração do Lexus ES: o design, o conforto refinado e o silêncio do carro quando em uso.

Estes, porém, são apenas alguns dos destaques de Marianne Merkt, que lista outros presentes no modelo, como os itens de segurança que incrementam a versão e o foco ao cliente empreendido pelo Lexus ES, que vai desde os cuidados com o cockpit até o amplo espaço oferecido.

Os rivais do Lexus ES, por Marianne Merkt

Embora admita que a marca premium da Toyota tem seus concorrentes, Marianne Merkt descreve o sentimento da montadora em relação aos rivais: “Nós queremos ser a Lexus, não queremos seguir ninguém. Respeitamos a diferença para os nossos rivais, mas nos alinhamos pelo conceito dos takumis”.

E aí, gostou de saber que uma das grandes responsáveis pela criação e produção do Lexus ES é uma brasileira? 

Claro que descobrir um toque de Brasil em algo tão sofisticado e encantador causa orgulho em todos nós, não é mesmo?

Pois bem, então se o Lexus ES tem um “pouquinho de Brasil”, você tem um motivo a mais para conhecer de perto o modelo.

Agende aqui uma visita à Saga Lexus e faça um test drive no resultado concreto do sonho de Marianne Merkt: o Lexus ES 300h.  


Fale conosco
Loading...